Blogs
Coloque uma Linda Imagem na Página Inicial do Google!




“Continuo buscando, re-procurando. Ensino porque busco, porque indaguei, porque indago e me indago. Pesquiso para conhecer o que ainda não conheço e comunicar e anunciar a novidade”.
Paulo Freire





domingo, 21 de novembro de 2010

Avaliação / Modelo Parecer Descritivo

Parecer Descritivo - BERÇÁRIO


Aluno: Matheus

Salientamos que o gosto pela descoberta do mundo que a criança pequena possui, precisa ser preservado e respeitado. Os brinquedos e brincadeiras não são só para divertir e distrair as crianças e as pessoas que brincam com elas. E também, uma das maneiras principais da descoberta de si mesmo, dos outros e do mundo que a cerca.

Através das brincadeiras elas aprendem e exercitam suas novas habilidades. Segundo Piaget o pensamento infantil se faz gradualmente, através de uma sucessão de estágios, onde em cada um deles a criança constrói conceitos, dentro das possibilidades que cada um lhe permite. Muito antes de pronunciar as primeiras sílabas, o bebê já se comunica com o mundo a sua volta. Ainda no berçário, de repente ele vê alguém mostrando a língua e naturalmente coloca a própria língua para fora. Em outras palavras, ele está atento ao que acontece a seu redor e já começou a exercitar a melhor estratégia de aprendizado: a imitação. A adaptação do Matheus foi tranqüila e seu relacionamento com todos é muito bom. Chegou no início do semestre engatinhando e hoje caminha com mais segurança, subindo degraus e em uma cadeira sem auxílio. Enquanto caminha empurra a bola com os pés, embora ainda não consiga chutá-la com muita precisão. É capaz de parar, agachar-se para pegar um objeto do chão, reclinar-se e reiniciar seu caminhar. Os tropeços são cada vez menos freqüentes. Empurra, tira e insere objetos com maior precisão e não para de abrir e fechar gavetas para tudo o que houver dentro. Desmonta jogos simples e tenta montá-los através do sistema da tentativa e erro. Concentra-se mais nos seus brinquedos e atividades, o que permite seguir a leitura de uma livro. Gosta muito da companhia de outras crianças e de estar acompanhada enquanto brinca, porém as atividades lúdicas ainda são paralelas, dominadas pela exploração de objetos ou por jogos individuais de simulação. É capaz de compartilhar de maneira momentânea um brinquedo, mas em seguida deseja-o de volta. Regula sua conduta, evitando o choro e expressando seus desejos e necessidades com gestos e balbucios mas mostra irritação e inconformismo quando um adulto detém sua exploração do ambiente ou tiramos dele um objeto. É carinhoso, dá abraço e oferece o rostinho para beijar, manda beijo e dá tchau, procura-nos quando brincamos com outras crianças, querendo colo e atenção. Gosta de receber massagem e cócegas na barriga soltando uma gargalhada. Mostra satisfação quando fazemos sua higiene e inquieto quando está sujo. Colabora quando o vestimos e o trocamos. Tira suas meias e tenta colocá-las. Reconhece sua mochila e também seus calçados. Permanece concentrado para ouvir as histórias, bate as mãos quando cantamos “parabéns a você” e fica todo faceiro ao ouvir as músicas da Dona Baratinha e da Borboletinha. Começa a entender que seus desejos podem ser satisfeitos sem choro. Faz gestos e carinhas, repetindo ações que agradam aos outros. Gosta de ser o centro das atenções e de que festejem suas brincadeiras. Quer alimentar-se usando seus dedos, o que constitui uma evidente tentativa de ganhar autonomia. Para dormir, gosta que cantem “boi da cara preta” e tem um sono tranqüilo. Aprende por imitação e adora se ver no espelho. Segue ordens simples como “me dá”, “não”, “tchau”. Neste semestre trabalhou atividades de rasgar papéis, pintar com giz de cera e guache. Ressaltamos a participação familiar no que diz respeito aos recados e pesquisas, o que vem contribuindo com seu desenvolvimento no ambiente escolar.

Contamos com vocês!!!

Beijinhos estalados nas bochechas

Sugestão de Parecer Descritivo

O fazer pedagógico, aqui representado baseia-se principalmente, nas várias atividades que propõe, de que a criança ao enfrentar situações novas, faz uso de conceitos já formados anteriormente, agindo sobre eles, manipulando elementos para assim chegar à solução de possíveis problemas em busca de um novo conceito elaborado.
À medida que as crianças crescem confrontam-se com fatos e realidades diferentes, fenômenos e coisas que as cercam: perguntam, reúnem informações, instigam-se, elaboram e reelaboram conhecimentos observados anteriormente, arriscam respostas e formulam hipóteses, geram mudanças no modo de pensar sobre a natureza, seu mundo social e sua cultura, visto que, nos primeiros anos de vida, elas apropriam-se de conhecimentos práticos do seu dia – a – dia, compartilhando esses conhecimentos com as primeiras pessoas que as cercam, com seu mundo social, constroem seus conhecimentos antes da chegada à escola.
Estamos felizes com o progressos de _____________________durante este início de ano letivo!
Destacamos: ______________... ( criatividade, independência, respeito com os amigos, afetividade, comunicação...)
Participa das atividades propostas, __________________________... ( apresenta interesse em aprender, atenção, concentração... ) ( colabora nas Rodas de Conversa, Momento de Leitura, …(técnicas)
Expressa suas idéias________________________ ...( sem dificuldades, seu vocabulário é rico, assimila os conteúdos com facilidade...)
Sua coordenação motora _______________________( desenvolve-se a contento . está dentro de sua faixa etária...)
Reconhece as_____________________( letras do alfabeto , numerais - citar os temas )
Pinta ____________________( dentro dos limites propostos, com variação de cores, boa noção espacial ...)
Observa e explora os ambientes com interesse ...

Recomendamos:______________________( reconhecer que há hora para tudo, saber esperar sua vez, aceitar imposições e críticas, aceitar as diferenças, dedicar-se mais aos trabalhos escolares, saber ganhar e perder, trabalhar o tom de voz, aceitar suas limitações e as limitações dos outros, se permitir errar e não desistir no percurso... ( são as dificuldades colocadas de forma indicativa )

Você vai longe, a cada dia que passa você me surpreende mais ! Vibro com seu sucesso!

Sempre que encontramos um amigo, encontramos um pouco de nós mesmos. O amigo revela, desvenda, conforta ... É uma porta sempre aberta em qualquer situação.

Obrigada pela sua amizade e parceria !

Prof._____________________


Relatório Individual

O Victor é um menino inteligente, observador e perspicaz. Neste semestre ele se destacou ainda mais na área das Artes. Gosta muito de desenhar e criar personagens para seus jogos; consegue entrar com facilidade no mundo do imaginário, sem se ater a ele, pois distingue a diferença entre o mundo de seus sonhos e a realidade. Possui um bom desenvolvimento artístico e lógico. Tem aprimorado cada dia mais seu campo visual, dimensão, proporção, lateralidade, noções de perspectivas e estratégia. Elabora bem sua produção artística usando todos os meios possíveis para se expressar com clareza por meio dela. Não gosta de colorir seus desenhos, pois já quer começar outro desenho aperfeiçoado. É detalhista em suas produções artísticas, mas não me parece ser assim com as outras disciplinas, na maioria das vezes só faz o que gosta. Após começo do acompanhamento psicopedagógico, ele se sentiu mais seguro e capaz de interagir com seus colegas e sentindo-se capaz de realizar as atividades por meio das habilidades artísticas. Antes desse acompanhamento, apresentava sérias dificuldades de interação com todos na escola, sempre calado e sozinho. Passou por um processo intermediário, ora era calado e fechado, ora explodia em brincadeiras e chamava a atenção de todos os colegas, tornando quase impossível a continuidade da aula. Suas atitudes nesses momentos foram muito prejudiciais ao seu desenvolvimento cognitivo, mas produtivo para sua inteligência emocional. Como é um aluno que gosta muito de artes, ele foi eleito junto com outro coleguinha, para ajudar a professora de artes a organizar e montar a exposição dos trabalhos artísticos de toda a classe para o Evento Cultural. Agora que encontrou o equilíbrio ele voltou a desenvolver-se em sua totalidade. É uma criança cômica que gosta de provocar seus colegas. Mas está aprendendo e respeitar as diferenças de cada e brincar com todos sem ferir.

"PARECER DESCRITIVO DO 1º SEMESTRE - 2008"
Kevyn é um menino alegre, sorridente e tranquilo. Expressa-se com muita clareza, relatando fatos do seu dia-a-dia em família e com os amiguinhos. Utiliza palavras e formula frases maduras para sua faixa etária. Fala com o corpo, seus gestos, olhares e musicalidade exprimem suas idéias e sentimentos. Ama cantar e o faz em "inglês" também. É uma graça ver suas caras e bocas interpretando uma música internacional.
Nas atividades de sala de aula mantem-se atento e participativo, recontando histórias e manuseando com cuidado os materiais destinados para cada trabalho proposto. Reconhece seu crachá, possui alguns traços bem definidos no desenho livre. Pinta explorando todas as cores e respeita todas as orientações dadas em relação à realização de determinada atividade. No pátio corre, sobe em árvores e também se aventura no futebol. Nos circuitos na praça bem como nas atividades de competição, esforça-se, ao máximo, para conseguir bons resultados, seja nas brincadeiras coletivas ou individuais responde positivamente aos estímulos motores devido à sua agilidade de movimentos.
Relaciona-se muito bem com todos os coleguinhas, cumpre com as regras e combinados colaborando para o bom andamento da aula. Quando se envolve em algum conflito, busca ajuda da prô para resolvê-lo, agindo raramente com gestos agressivos. Quando contrariado fica muito brabo, faz caretas e olhares de "fúria", mostrando seu "pavio curto". Se precisa ser repreendido, também não gosta muito, porém logo percebe que deve se acalmar e conversar sobre o que houve para voltar a rotina normal.
Kevyn está em pleno desenvolvimento de suas potencialidades. Sua resposta positiva em relação aos estímulos propostos em cada atividade realizada, mostra que seu crescimento em todas as áreas de aprendizagem humana está a todo o vapor.

Este é mesmo o meu filho, Kevyn... hahahahaha... Impressionante como descreveram bem meu gatinho...

Ele é mesmo assim, migas... É bemmmmm pavio curto... Faz caras e caretas para expressar que está furioso...kkkkkk... Tenho que me controlar para não rir quando dou bronca nele... Tbm ama cantar e adora interpretar tbm... Ama as músicas do Akon... uma figurinha meu filho...kkkk...

Agora, meus amores estão curtindo seus últimos dias de férias. Uma pena eu estar trabalhando e não poder curtir com eles, em casa. Segunda-feira já começa tuuuuudo de novo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário